Energia solar gera economia para pequenos negócios

Pesquisa do Sebrae de Mato Grosso mostrou que, entre três mil empreendedores que têm esse tipo de fonte energética, 83,9% reduziram os gastos com a conta de luz

Os pequenos negócios no país estão se voltando para a adoção de práticas mais sustentáveis e econômicas, como a geração de energia limpa, por meio do sistema fotovoltaico. É o que mostrou uma pesquisa feita pelo Sebrae de Mato Grosso.

Os resultados foram exibidos nesta quarta-feira (28) pela gerente do Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS), Suênia Souza, durante apresentação, em Cuiabá, para o presidente da instituição, Carlos Melles, e para o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa.

O estudo apontou que, dos mais de três mil empresários que possuem esse tipo de fonte energética, 83,9% reduziram os gastos com a conta de luz. Durante o evento, foi assinado um termo de cooperação entre o Sebrae e o Sicredi para estimular projetos de energia solar nas micro e pequenas empresas.

Conforme a pesquisa, mais da metade (60%) dos empresários entrevistados pretendem investir mais em outras fontes renováveis, sendo que, desses, 47,5% devem apostar em fonte solar fotovoltaica. Porém, segundo Suênia, apenas 0,1% dos pequenos negócios utilizam a energia por meio desse sistema.

“Temos uma nova economia se formando no país, com a economia do compartilhamento e os negócios digitais, e a inovação nos processos deve priorizar a preocupação com a preservação de recursos hídricos e energéticos. O nome disso é competitividade”, afirmou a gerente, durante a apresentação dos eixos de atuação do CSS na produção de 655 conteúdos focados na sustentabilidade de pequenos negócios.

O secretário do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, ressaltou que as micro e pequenas empresas serão a base da transformação do país, ajudando a destravar o ambiente de negócios.

Segundo ele, o modelo adotado no Brasil, onde o governo está à frente do empresário, não deu certo, assim como aconteceu em outros países. “Esse modelo acabou, agora será baseado no empreendedorismo para tirarmos de uma situação, que é o desemprego”, afirmou.

O secretário lembrou que existem alguns pilares que podem alavancar as MPE, que são a sustentabilidade, a produtividade e o marketing. “Todos os casos apresentados, caso sejam incorporados pelas MPE, o impacto será extraordinário”, disse Carlos Da Costa, se referindo aos conteúdos desenvolvidos pelo CSS e mostrados no evento.

Parceria
O termo de cooperação para o Programa de Energia Solar Fotovoltaica para Pequenos Negócios foi assinado nesta quarta-feira (28.08), mas seu lançamento oficial acontece no 18 de setembro.

Ele prevê consultoria e linha de crédito especial para projetos de micro e pequenas empresas e visa estimular a geração própria de energia e tornar os pequenos negócios e produtores rurais mato-grossenses mais competitivos de forma sustentável.

“Um dos nossos maiores aliados é o sistema de cooperativismo”, afirmou o superintendente do Sebrae no estado, José Guilherme Barbosa Ribeiro. “Por isso, estamos fazendo essa parceria”, completou. “Vamos investir US$ 100 milhões em Mato Grosso”, observou o presidente da Sicredi Centro Norte, João Spenthof.

Publicado em: https://revistapegn.globo.com/Banco-de-ideias/Econegocio/noticia/2019/08/energia-solar-gera-economia-para-pequenos-negocios.html

Reduza até 95% dos custos da sua conta de energia
O Marcel é dono de um mercado e já não suportava mais pagar uma conta altíssima de luz. Por isso resolveu fazer um financiamento para instalação de placas fotovoltaicas. Em quatro meses, veja o resultado impressionante:

Se você tem restaurante, academia, motel, hotel, hostel, mercado, açougue, padaria, lavanderia, posto de gasolina, farmácia, concessionária de veículo, escola, faculdades, cursinhos, cursos técnicos, creches, escolinhas, imobiliária, empresas em geral, casa noturna (baladas), pet shop, sorveteria, granja, cervejaria… Essa é a sua grande oportunidade!

Ficou com alguma dúvida?

Ligue agora e tenha um consultoria gratuita
(51) 4042-4331

Prefere atendimento via whats? Clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Dúvidas

ou pelo whats Atendimento
conteúdos exclusivos sobre energia sustentável? Assine nossa news