Energia solar pode ser alternativa para hospitais e clínicas

A melhor alternativa

O uso de energia solar para hospitais e clínicas, como alternativa na eventual falta de energia*, o que poderia prejudicar o funcionamento dos aparelhos instalados das Unidades de Terapia Intensiva, centros cirúrgicos e até prontos-socorros, é super indicado.

*Nesse caso, apenas com o sistema Off Grid. Nos da RIC Komeco só trabalhamos com On Grid. Não sabe a diferença? Fizemos um artigo falando sobre: Clique aqui

Além de manter a energia, o uso da tecnologia solar pode ajudar na redução dos custos em até 95% do valor total após o período de retorno do investimento inicial na instalação das placas solares.

O uso da energia solar nesses empreendimentos também vai ajudar na questão dos geradores, uma vez que estes produzem um alto custo aos hospitais e clínicas, comprometendo muitas vezes o orçamento dessas empresas.

Especialistas recomendam

Segundo o engenheiro eletricista, a aplicação de novas tecnologias para elevar a qualidade do atendimento dos pacientes é o novo normal.

“Com a instalação de um sistema solar fotovoltaico, é possível reduzir em até 95% o seu gasto com energia elétrica, possibilitando, assim, investimentos que proporcionem um atendimento mais humanizado e sofisticado.”, afirmou.

A inflação energética nos últimos 18 anos teve um aumento de 230%, segundo cálculos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), frente a uma elevação de 189% do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que representa a inflação oficial medida pelo governo, no mesmo período.

A diferença de 41 pontos percentuais a mais nos preços da energia é decorrente, principalmente, do aumento dos custos da cadeia energética. Nesse contexto, um grave problema aos hospitais e clínicas tem sido o alto preço pago em contas de energia elétrica.

Fonte: Portal Solar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

conteúdos exclusivos sobre energia sustentável? Assine nossa news